Get Adobe Flash player

Acho que não conheço quem não goste de música, seja ela de qualquer estilo, credo ou não. Pra mim ficou mais fácil gostar, pois cresci ouvindo os melhores grupos de rock, os melhores compositores do Brasil, afinal meu saudoso Pai, Dionísio Cardoso Barbosa, fundou no ano de 1967 a Caiana Discos aqui em Campos dos Goytacazes. Aos 5 anos minha música preferida era “Obla di , obla dá” dos Beatles, e na sequência fui descobrindo as Bandas e seus lançamentos, pois os discos de “SOM” como meu Pai denominava não vendiam fácil, e os rockeiros de plantão gravavam em fita K7 os lançamentos de Led, Purple, Floyd, Sabbath, entre outros. Minha paixão pelo rádio começou através da Mundial Am com o revolucionário Big Boy e o seu jargão “hello crazy people” depois a Rádio Cidade no fim dos anos 80, porém tinha um programa chamado SÁBADO SOM na rede globo aos sábados apresentado por Nelson Mota que me despertou a paixão pelo ROCK PROGRESSIVO, quando vi Pink Floyd ” Live at Pompei” e faixa “ECHOES”. Minha especialidade era gravar as seleções de sucessos em K7 e levar para os HI-FIs da época, depois comecei a trabalhar na loja do meu Pai vindo a fecha-la em 1999. Porém minha história no Rádio Campista começou em 1988 na antiga 89 FM com o programa CLUBE DO JAZZ, a convite de Carlos Cunha então gerente da rádio, depois fiz programa na 97 FM, Transrio e em 1991 na extinta Atlântica FM 96,1 onde fiz programas segmentados semanais abordando, JAZZ, NEW AGE, PROGRESSIVO, MPB MALDITA, BLUES e ROCK, sendo o amigo Paulo Marcos, mais conhecido como Quinho o meu grande incentivador para ser locutor. Ele falava”…Paulo você pode gravar seus comercias…”, nesta época para editar um áudio cortava-se a fita de rolo pra colocar trilhas de fundo diferentes e jogava nas cartucheiras, tempo do rádio mais manual ainda.No ano de 1999, quando fechei a Caiana, me associei a Sérgio Haddad no projeto da Rádio Comunitária MUSICAL FM, passei a ser o programador musical e começou meu aprendizado técnico vamos assim dizer. Em 2002 ingressei como operador de áudio na TRANSAMERICA CAMPOS, onde fiz o programa T-ROCK e assumi a programação local quando a rádio virou de Pop para Hits, em seguida ingressei no curso de Comunicação Social na FAFIC e me tornei programador e idealizador da grade musical da EDUCATIVA FM, onde fiz 3 programas semanais de Jazz, Blues e Classic Rock. São 52 anos de vida e uns 47 ouvindo música, meu conhecimento e sensibilidade me fizeram levar o projeto de uma rádio na web para a realidade, com a ajuda do meu sobrinho Bruno Paixão. Para os amigos vai ser fácil associar o nome CAIANA a minha pessoa, Com vocês RADIOCAIANA.COM.BR, aqui só toca boa música!!!!